Páginas

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Registrando os melhores momentos



Como escolher o equipamento

Para escolher uma boa máquina fotográfica é necessário questionar primeiro o objetivo. "Para cada tipo de fotográfia há um equipamento especifíco para isso", explica o fotógrafo Eder Doré. Para registrar os melhores momentos de uma viagem é recomendado ter uma boa câmera para diversas ocasiões e para a foto ficar perfeita junte tudo isso a uma boa história para contar.

Câmeras comuns

As câmeras que têm o melhor custo-benefício são as menores e que possuem "zoom", que aproxima ou distancia bem o objeto a ser fotografado. Essas máquinas são mais baratas, compactas, leves, fáceis de usar e dispensam conhecimentos específicos, sem contar que a qualidade das cores é boa. Em geral, elas possuem o flash automático, bom para quem não sabe ao certo quando usá-lo.


Câmeras profissionais

Se você usa a máquina com freqüência e adora fotografar, uma boa opção é ter uma profissional, que oferece muitos recursos manuais. No caso do flash, é útil, pois é possível acioná-lo mesmo durante o dia, recurso muitas vezes necessário. Outra vantagem é a regulagem da distância, que permite uma ótima aproximação ou distância do objeto a ser fotografado, sem perder qualidade. A variedade de lentes, de longo alcance, também é grande.


Câmeras digitais

Cada vez mais novos modelos aparecem no mercado. Elas têm o visor digital, são modernas, leves e compactas, mas têm um preço tão alto quanto as profissionais. Para "revelar" o filme, é necessário conectar a máquina ao computador e depois imprimir as fotos em papel especial. Outra opção é "revelar" os filmes em uma casa especializada. Com alguns modelos também é possível conectar a máquina à televisão e ver as fotos no formato slide-show.

Se você não entende nada de fotografia, confira algumas dicas básicas para fotografar o que quiser:

1. Posicione a câmera, levando em consideração a melhor posição diante de qualquer luz. Lembre-se que o sol pode ou não ficar fora do visor, dependendo do efeito que você desejar;
2. Observe, além do objeto a ser fotografado, se o que está ao redor vale a pena sair na foto. Cuidado com máquinas que têm o recurso auto-foco, que centraliza a foto automaticamente.
3. Enquadre a foto dentro da linha tracejada que se vê no visor;
4. Segure firme a máquina (se puder apoiá-la em algum lugar, melhor);
5. Pronto. Dispare.


Dicas úteis

- A luz deve iluminar o que você quer fotografar. Se não puder mudar a posição, use o flash;
- Evite usar flash automático quando tem a luz no sentido contrário;
- Para fotografar à noite, leve em consideração a distância que o flash da máquina agüenta e deixe a velocidade da máquina lenta;
- Se a máquina tiver o dispositivo contra olhos vermelhos, utilize-o. Ele aciona uma luz parecida com o flash.
- Mantenha uma distância mínima de 1,5 metros do que você quer fotografar e evite inclinar a máquina para fotografar algo que não esteja na mesma altura que você. Prefira se agachar ou subir em algo;
- Se você tem tripé, use-o sempre que possível;
- Nem sempre é necessário colocar o objeto da imagem no centro da foto. É interessante "brincar" com os demais objetos que aparecem ao redor da imagem;
- Evite usar o zoom à noite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário