Páginas

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Manutenção da sua barraca Parte 01

Ao ar livre:
  • Cuidado com os raios de sol! – apesar de serem feitas para uso ao ar livre, os raios ultravioletas são prejudiciais ao náilon e podem danificar rapidamente a sua barraca. O dano causado é proporcionalmente igual ao tempo de exposição ao sol e à altitude e, uma vez ocorrido, é irreparável. Por isso, procure deixá-la montada o menor tempo possível. Em um uso normal na montanha, é comum desmontarmos a barraca pela manhã, quando saímos para caminhar, e montarmos no fim do dia, quando paramos para dormir. Assim, nas piores horas do sol, ela está seguramente guardada em sua mochila, longe dos raios ultravioletas. Procure, sempre que possível, montá-la em lugares com sombras e, em hipótese alguma, deixe-a montada indefinidamente no jardim… Lembre-se que a garantia não cobre defeitos ocorridos pelo desgaste causado pelo tempo ou mau uso da barraca.
  • Use um pedaço de plástico para forrar o chão – estenda-o do lado de fora da barraca e compre-o exatamente do tamanho do fundo dela, para não sobrar e, assim, se tornar um perfeita piscina em caso de chuva. Isso irá protegê-la de furos e a deixará limpa por mais tempo…
  • Comida – procure não guardar comida dentro dela, pois alguns animais podem ser atraídos pelo cheiro e podem danificá-la para conseguir acessar sua comida.
  • Não a toque! – pode parecer um pouco exagerado, mas a gordura de sua pele é corrosiva e pode afetar a impermeabilização de sua barraca… Portanto, procure não tocar na parte interna, sempre que isso for possível.
  • Duct Tape ou Silver Tape – talvez esta seja a maior invenção do ser humano, desde a roda… Leve sempre um pedaço desta fita adesiva em suas caminhadas e viagens. Ela serve para consertar praticamente tudo!
  • Fixe-a bem – apesar de muitas das barracas da Trilhas & Rumos serem auto-portantes, nunca deixe de prendê-la no chão. E procure manter os cordeletes sempre com o mesmo tamanho. Isso irá protegê-la de estresse em determinadas partes, mais do que outras.
  • Procure não usar sapatos dentro dela – e conserve-a limpa por mais tempo…
  • Cuidado com o fogo! – nenhum náilon de barraca possui tratamento anti-fogo, apesar de algumas serem resistentes ao fogo, não permitindo que ele se propague, mas não impedindo que surjam buracos queimados no tecido. Não acenda fogareiros perto e muito menos dentro dela pois, além de prejudicial ao náilon, ele também pode roubar o oxigênio de dentro da barraca, sendo extremamente perigoso à sua vida. Jamais use velas ou lampiões dentro da barraca.
  • Um pouco de ventilação – cada pessoa perde cerca de um copo d’água por noite, entre respiração e transpiração. Para que você não acorde encharcado pela condensação de sua própria umidade no tecido da barraca, procure ventilá-la o máximo que puder. Se não estiver chovendo, esta tarefa se torna ainda mais fácil e você poderá deixar toda ou boa parte da porta aberta, apenas com o mosquiteiro fechado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário